Festival da boa vizinhança

maio 29, 2015

Nesse domingo vai ter o terceiro Festival da Boa Vizinhança aqui em Porto Alegre, na famosa rua mais bonita do mundo (ou não hehehe).
Fui na primeira edição, quando aconteceu em outra rua do bairro, e a ideia é muito legal. Ocupar a rua, interagir com as pessoas, deixar o local com vida!



Jorge

maio 28, 2015




E este é meu novo filho, Jorge! irmão mais novo do Zé Alfredo


Crescendo

maio 21, 2015

Quando a gente trabalha por conta, dependendo quase que totalmente só do nosso esforço, e fazendo o que se gosta, não existe aquela melancolia de sobreviver a uma segunda-feira, ou esperar ansiosamente por um feriado.
Claro que cansa bastante ser arquiteta, gerente, contabilista, administradora, secretária, psicóloga dos clientes, marketeira, etc.
Mas pela primeira vez na vida eu olho no calendário e vejo um feriado como um empecilho pro meu trabalho, pois não vai ter fornecedor trabalhando nesse dia, não tem pedreiro disponível, a obra atrasa outro dia, e assim por diante.

Incrível essa sensação e essa tonelada de responsabilidades que simplesmente despencaram na minha cabeça. E o melhor: to adorando!
Não imaginava estar trabalhando por conta própria, e muito menos ver as coisas fluindo melhor que o esperado. Muita força na peruca!

Claro que nem por isso vou odiar finais de semana e feriados, um descanso cai bem e é necessário pra qualquer ser humano. Mas a vibe é outra!

Falando nisso, já conhecem nosso trabalho?  =P

VILLA ARQUITETURA E ALGO MAIS


sobre idas e vindas felinas

maio 02, 2015

Mais de mês sem passar por aqui, fui ver qual o último post e eu falava sobre a quimioterapia do meu gato.
Ele fez, a quimio praticamente sumiu com o tumor e junto quase sumiu com o gato. Ele ficou muuito fraco, desidratado, não queria mais comer. Colocamos sonda, mas nao teve jeito.
Não tinha mais solução, ele ficava internado tomando soro e sem conseguir se alimentar. Tomei a difícil decisão da eutanásia.
Foi uma experiência muito intensa e única.

Não deu muito tempo, resolvi adotar outro bixano que hoje me faz muito feliz. Sim, eu amo gatos, eles são ótimas companhias e nos fazem bem.

Apresento aqui o Zé Alfredo, o gato de preto.



Ele foi achado na rua, a moça que achou não podia adotar e deixou na clínica onde cuidei do Oswaldo. Ele ficou lá por uns 3 meses, vivendo numa gaiola, pois ninguém queria adota-lo.
O nome foi dado pela moça, em homenagem ao Comendador da última novela das 9, e eu não quis trocar mais, hehehe


Tirando o assunto gatos, a carreira ta fluindo legal até, o que me toma bastante tempo.
Queria ter mais vontade de voltar a postar seguido aqui, mas honestamente não tenho. Atualizo bastante as redes sociais do meu outro projeto Gatomaniac, onde mostro a rotina dos gatos da minha família (e o assunto voltou pro gatos hehehe), no Google Plus, Facebook, Instagram e  Twitter.


Enfim, Volto quando der!

Beijos

Instagram